O fim do mundo não aconteceu, mas a Light-RJ nos deixou nas trevas por 15 horas

A empresa terceirizada da Light-RJ, a Litorânea chegou 11:30h para a troca do transformador
A empresa terceirizada da Light-RJ, a Litorânea chegou 11:30h para a troca do transformador

É meus amigos, por incrível que pareça, é verdade. Pela terceira vez esse mês a minha comunidade ficou sem energia elétrica por causa da Light-RJ.

Ontem (20/12/2012) por volta das 23h, fomos pegos de surpresa e passamos mais uma noite às escuras dormindo muito mal por causa do enorme calor. Com um total de 38 horas sem serviço em dezembro, foi como se todos os dias nos ficássemos sem energia elétrica durante pouco mais de 1 hora por dia! Um total absurdo!!!

Equipe da empresa Litorânea fazendo a troca do transformador
Equipe da empresa Litorânea fazendo a troca do transformador

O serviço só foi restabelecido hoje (21/12/2012) às 14h, quando o transformador de 62 KVA’s foi trocado por um novo de 150 KVA’s. A empresa terceirizada Litorânea chegou ao local às 11:30h (quase 12 horas depois da interrupção!) e depois de duas horas e meia de trabalho árduo, restabeleceu o serviço de fornecimento de energia.

Os funcionários disseram que haviam estado aqui ontem pelas 16h e foram impedidos de chegar até o local apropriado para a troca do transformador por causa de um carro que impediu a passagem do enorme caminhão da empresa. O que, segundo eles, foram obrigados a retornar depois para tentar novamente a troca.

Esse foi o caminhão que não conseguiu chegar no local da troca no dia anterior
Esse foi o caminhão que não conseguiu chegar no local da troca no dia anterior

Desculpa esfarrapada!

Para mim o que falta SEMPRE é vontade de prestar realmente um bom serviço. Nada justifica ficar 38 horas sem o serviço durante um mês. NADA!!! Escutar um argumento como esse me faz crer que a Light-RJ realmente não liga para a população e que nada justifica ela por um serviço tão mal feito. Claro que eu entendo a dificuldade de se fazer uma troca tão específica como a troca de um transformador numa comunidade carente. São muitos fios, pouco espaço, vizinhos que atrapalham, mas eu acredito que o meu bem-estar tem que ser prioridade para a empresa! 38 horas sem serviço num único mês me mostra justamente o contrário.

Enfim, agora vamos aguardar e ver se esse transformador vai aguentar bem a rede elétrica, que cresceu muito nos últimos anos. Várias casas ganharam novos cômodos e andares, sobrecarregando a mesma. Isso para não falar dos possíveis “gatos” da região. Meu desejo é que a Light-RJ foque mais os esforços para a prevenção de interrupções, e que situações como essas não aconteçam nunca mais, nem mesmo no fim do mundo!

Sobrecarga na rede e mais 9 horas sem energia elétrica

Não meus amigos, vocês não estão lendo o mesmo artigo duas vezes, é reincidência da mesma ocorrência. Depois de passar 14 horas sem energia elétrica (de 23h do dia  05/12/2012), pasmem, o serviço foi interrompido novamente no mesmo horário na noite seguinte (06/12/2012) deixando todos os moradores do local onde eu moro sem luz por mais 9 horas! Um TOTAL ABSURDO!!!

Dessa vez a equipe técnica chegou as 8 da manhã do dia seguinte e foi recepcionada por poucos moradores. A maioria ainda estava dormindo, uma vez que novamente, só conseguiram dormir por esgotamento e não por sono por causa do grande calor na nossa região.

O procedimento foi o mesmo, inúmeras ligações, protocolos e até SMS de emergência chamado LIGHT JÁ de pronto atendimento. Tudo balela!!! O descaso continuou exatamente do mesmo jeito. Funcionários treinados para não dar nenhuma previsão aos moradores, independente do apelo que fizessem pelo telefone e pela segunda noite consecutiva, a Light-RJ se mostra completamente alheia às reclamações de nossa comunidade.

Esse comportamento é completamente inaceitável, principalmente porque se trata de serviço público essencial. Ontem, assim que a energia foi restabelecida, eu escrevi um artigo sobre o ocorrido aqui no blog e fiz uma menção no Twitter para o perfil da Light-RJ afim de que eles estivessem por dentro do corrido.

Alguns minutos depois eles me enviaram uma mensagem pública mostrando como são despreparados inclusive na comunicação com a população. Conforme “print” abaixo, dá pra ver que eles sequer leram o artigo e enviaram uma mensagem típica sem o menor compromisso, e quando eu chamei a atenção deles de que a energia já havia voltado, não mencionaram mais nada.

 

 

Descaso com o morador não impede o aumento na tarifa
Descaso com o morador não impede o aumento na tarifa

Depois disso tudo, acho que mínimo que a Light-RJ deveria fazer é enviar uma equipe técnica com engenheiro até o local e fazer uma avaliação da rede em busca de uma solução, evitando novas sobrecargas e blecautes.

Lembrando que no boleto atual já consta o reajuste de 11,82%, e sinceramente, duas noites em claro não estimulam NINGUÉM a ver isso como bom serviço.

14 horas sem energia elétrica e a solução era só boa vontade!

Ontem (05/12/2012), lá pelas 23h acabou a energia onde eu moro. Óbvio, estava um calor infernal e foi muito difícil dormir. Claro, os vizinhos foram para fora das suas casas reclamar da falta de energia e do calor e blá blá blá.

O cansaço me dominou às duas e meia da manhã, e mesmo incomodado com o enorme calor, tentei dormir no chão onde é menos quente. Acordei às 6h para colocar meus filhos na escola, pois estão em época de prova e pasmem, a energia elétrica ainda não tinha retornado. Liguei para a empresa, que mais uma vez não sabia que a minha região estava sem luz.

Na época em que vivemos hoje, onde a informação voa em velocidades ultra rápidas, eu ainda não consigo acreditar nesse argumento de que “não há nenhuma informação sobre interrupção do serviço na sua localidade senhor.” É insano pensar que 7h depois do blecaute, que ninguém tenha ligado para a empresa para reclamar! Para mim isso é uma enorme mentira! Tanto que no decorrer do dia, vários outros moradores também ligaram para a Light-RJ e o script era o mesmo, anotar a reclamação, informar o protocolo e aguardar a visita da equipe técnica. É tratar a gente como idiota mesmo, isso sim.

14-horas-sem-energia-eletrica-e-a-solucao-era-so-boa-vontade

Fiz o procedimento padrão, informei o ocorrido, manifestei a minha indignação pela falta da informação deles sobre a interrupção do serviço, anotei o protocolo (72339280) e aguardei mais algumas horas.

Nisso, os vizinhos menos instruídos e mais revoltados se amontoavam na rua e quando finalmente o carro da Light-RJ chegou as 13h, foi cercado pelos moradores, que os xingavam enquanto eles ligavam a chave ao lado do transformador, que religou a energia elétrica rapidamente.

O que eu penso disso tudo:

  • Há um ENORME despreparo ou MÁ VONTADE da empresa em prestar um serviço de pronto-atendimento emergencial para a população;
  • O canal de comunicação é pouco sensível aos problemas em que a falta desse serviço faz na população e nos atende apenas com o trivial;
  • Ficar 14 horas sem um serviço público essencial é um completo absurdo, e mais absurdo ainda é não preocupação da empresa em prevenir e/ou atender em caráter emergencial a população.
  • Ver um técnico levantar uma chave em 2 minutos e ligar novamente energia elétrica é de uma simplicidade cruel contra 14 horas de uma noite praticamente sem sono. Isso só endossa a minha opinião de que era só uma questão do boa vontade para resolver ou evitar o problema.